01/08/2017 - 13:01 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo

Assembleia Geral da CBAt, voz e voto a todos os segmentos do Atletismo

São Paulo - A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) é uma das entidades olímpicas com maior representatividade no seu maior poder decisório, a Assembleia Geral Ordinária. Todos os segmentos da modalidade têm direito a voz e a voto em suas reuniões deliberativas.

"O estatuto da CBAt, desde 2010, estabelece que todo medalhista olímpico, por exemplo, é membro da Assembleia", lembra o presidente da CBAt, José Antonio Martins Fernandes, o Toninho. "Para 2018, o número de participantes passa de 46, de 2017, para 51, sendo que nada menos do que 16 de seus membros são atletas", completa o dirigente.

O mais novo integrante é Henrique Camargo Martins, do salto com vara do Pinheiros, que foi eleito pelos atletas para o período 2017/2019 em votação realizada pela internet no site da CBAt.

Antes dele, na Assembleia de 2017, realizada em março, em São Paulo, foram aprovados os novos participantes: o campeão olímpico Thiago Braz, no Rio 2016, e as medalhistas de bronze em Pequim 2008 Rosangela Cristina Oliveira Santos, Thaissa Barbosa Presti, Lucimar Aparecida de Moura e Rosemar Coelho Neto.

Estes seis atletas se juntam a Joaquim Carvalho Cruz, Robson Caetano da Silva, Arnaldo de Oliveira Silva, André Domingos da Silva, Edson Luciano Ribeiro, Claudinei Quirino da Silva, Vicente Lenilson de Lima, Claudio Roberto Souza, Vanderlei Cordeiro de Lima e Maurren Higa Maggi, que já participavam das decisões.

Também votam na Assembleia os representantes das 27 Federações Estaduais, dos treinadores, dos árbitros e dos cinco clubes com maior pontuação na edição anterior do Troféu Brasil Caixa de Atletismo, além do membro do Conselho da IAAF, Roberto Gesta de Melo.

"Trabalhamos firmemente em busca da direção participativa e da transparência da gestão na área da Governança Corporativa. Na última Assembleia, foi instituído o Conselho de Direção, formado por empresários, juristas, jornalistas e antigos atletas. Demos posse ao Comitê Feminino, valorizando as grandes atletas que defenderam o País e que agora podem ajudar a desenvolver o esporte", completa o presidente da CBAt.

O esforço realizado tem rendido frutos. A SOU DO ESPORTE, especializada na análise do desempenho das instituições esportivas, nos dois últimos anos, premiou a CBAt como uma das cinco melhores Confederações nacionais. Em função disso, pode utilizar o selo de "BOA GOVERNANÇA 2016".