Navegação: Início | Notícias

Maria Ferraz vence a San Fernando e Giovani ganha a Corrida de Reis

08|01|2017 - 12:20 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo

Fonte: CBAt

Maria Aparecida Ferraz (Divulgação)
Clique na Imagem para Ampliar
São Paulo - A paulista Maria Aparecida Ferraz e o mineiro Giovani dos Santos venceram provas tradicionais neste fim de semana. A atleta do LUASA CAIXA ganhou no sábado (dia 7) a 43ª Corrida de San Fernando, na cidade de Punta del Este, no Uruguai. Já Giovani, da Pé de Vento CAIXA, venceu a 33ª Corrida de Reis, na manhã deste domingo (8), em Cuiabá (MT).

Maria Ferraz completou os 10 km no tempo de 35:46. As argentinas Maria Luz Tesuri e Maria Lujan Urrutia ficaram com as medalhas de prata e de bronze, com 35:55 e 36:08, respectivamente.

Na categoria masculina, a dobradinha foi uruguaia: vitória de Nicolás Cuestas, com 30:46, seguido de Ernesto Andrés Zamora, com 30:51. O queniano Hilary Kibet terminou em terceiro lugar, com 30:55.

Vice-líder do Ranking CAIXA CBAt de Corredores 2016, antes da disputa da São Silvestre, no dia 31 de dezembro, Maria Aparecida teve bons resultados em pista também. No Troféu Brasil Caixa de Atletismo, disputado no final de junho e início de julho na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo (SP), por exemplo, ela ganhou prata nos 10.000 m e bronze nos 5.000 m.

Corrida de Reis - Já Giovani surpreendeu os favoritos africanos e deixou todos os adversários para trás a partir do km 8 e completou o percurso de 10 km em 29:47, quebrando uma hegemonia estrangeira que vinha desde 2008. No feminino, a vitória foi da queniana Esther Kakuri chegou em primeiro lugar.

"A alegria é retribuir o carinho do povo, que sempre acreditou em mim. Quero agradecer a toda minha equipe, a minha família. Graças a Deus fui melhor. Minha estratégia deu certo, fiquei atrás, quando chegou a subida consegui desgarrar", disse Giovani, que ficou em quarto lugar na Corrida de São Silvestre, no último dia 31 de dezembro.

O tanzaniano Augustine Sulle assumiu a liderança a partir do km 2 e deu uma desgarrada dos demais atletas da elite. À medida que a prova ia passando, Sulle foi perdendo fôlego. Giovani dos Santos se manteve entre os primeiros, ao lado de outros quatro africanos. No km 8, Giovani assumiu a ponta e a partir daí não deixou mais ninguém passar.

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Rua Jorge Chammas, 310 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP: 04.016-070
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição