Navegação: Início | Notícias

Termina neste domingo o Mundial de Atletismo em Londres

12|08|2017 - 12:07 | Benê Turco, da Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo

Fonte: CBAt

Caio Bonfim dos 20 km marcha (Anderson Rosa/CBAt)
Clique na Imagem para Ampliar
Londres - Com a participação de cerca de dois mil atletas de mais de 200 nações, termina neste domingo (dia 13), o Mundial de Atletismo, em Londres. Na capital britânica, as provas da 16ª edição do Campeonato são disputadas no Estádio Olímpico, palco dos Jogos de 2012.

Nesta última rodada da principal competição do esporte internacional na temporada, sete provas, todas finais, serão realizadas à noite, no Estádio Olímpico. Antes, acontecerão as provas de marcha atlética, em circuito de rua, em Marborough, com chegada próxima ao Palácio de Buckingham.

O Brasil estará presente no estádio, com Andressa de Morais, no lançamento do disco, a partir das 15:10, hora de Brasília (19:10, hora local). Andressa este ano estabeleceu novo recorde sul-americano com 64,68 m, ao vencer o Sul-Americano no Paraguai. Atleta do Pinheiros, treinada pelo cubano Julián Mejias, Andressa obteve lugar na final ao marcar 62,80 m na qualificação.

"Estou bem e com esperanças de fazer o meu melhor resultado na final", disse a atleta, no saguão do Grange City Hotel, perto da Torre de Londres, onde a delegação do Brasil e de outros países estão hospedadas.

Também terá representantes do Brasil em três das quatro provas de marcha atlética (com exceção dos 50 km masculino): 50 km feminino, com Nair da Rosa, às 03:45 (07:45) 20 km feminino, com Erica Rocha de Sena, a partir das 08:20 (12:20) e nos 20 km masculino, com Caio Bonfim, às 10:20 (14:20).

Caio Bonfim e Erica Sena têm colecionado bons resultados nos últimos anos. Erica - atleta da B3 Atletismo, treinada por seu marido, o equatoriano Andrés Chocho - foi prata no PAN de Toronto 2015, sexta no Mundial de Pequim no mesmo ano, e sétima na Olimpíada do Rio 2016. "Fiz uma boa preparação e estou pronta para competir", disse a atleta no restaurante do hotel, pouco antes de almoçar.

Caio, que compete pelo CASO e treina com seus pais, João Sena e Gianetti Bonfim, foi bronze em Toronto, sexto em Pequim e quarto no Rio 2016. "O Caio está bem e irá tranquilo para a prova", falou Gianetti, que companha o atleta, na capital britânica.

Finalmente, Nair da Rosa treina com o antigo marchador Sergio Galdino, em Blumenau, onde vive, e compete pela AABLU. Aos 37 anos, casada e com três filhos, Nair está orgulhosa de viver um momento único no Atletismo, já que as mulheres disputam, pela primeira vez, os 50 km. Assim, também pela primeira vez na história do Mundial, iniciada em Helsinque 1983, homens e mulheres disputarão igualmente todas as provas do programa: 24 para cada gênero.

"Sei que é um momento importante e quero marcar presença aqui", disse Nair. "Sempre quis fazer os 50 km, quando nem se cogitava ter a distância no Mundial", prosseguiu a atleta que está há quatro anos na modalidade. "Antes eu fazia corrida de rua, cheguei a fazer maratonas, mas gosto mesmo é de marcha", afirmou Nair, que este ano bateu seu próprio recorde, com 4:39:28 em Lima, no Peru, ao vencer o PAN de marcha.

O Brasil participa do Campeonato Mundial de Atletismo em Londres com recursos do Programa Caixa de Seleções, da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), patrocinada pela Caixa Econômica Federal.

 

Contato | Links | Mapa do Site | Publicidade

© Copyright 2002-2010, CBAt - Todos os direitos Reservados

Rua Jorge Chammas, 310 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP: 04.016-070
Telefone: (011) 5908-7488
- E-mail: cbat@cbat.org.br

Desenvolvido por: Neo Competição