Rumo a Cáli

Seleção viaja para a disputa do Sul-Americano Sub-20 de Cáli

Lorraine Martins, inscrita nos 100, 200 e 4x100 m (Wagner Carmo/CBAt)

Com 47 atletas - 22 homens e 25 mulheres -, o Brasil segue para a Colômbia na madrugada desta quinta-feira para defender a hegemonia na competição

Bragança Paulista - A Seleção Brasileira Sub-20 viaja na madrugada desta quinta-feira (13/6) para a disputa do Campeonato Sul-Americano da categoria, em Cáli, na Colômbia. A equipe embarca com 47 atletas - 22 homens e 25 mulheres -, em busca da hegemonia na competição.

O primeiro grupo segue para Cáli, via Bogotá, pelo voo Avianca 248, que tem decolagem prevista para as 00:35, com 22 pessoas. A segunda parte da delegação, com 37 integrantes, parte às 6:55 pela Avianca 86, também via Bogotá.

"O Brasil está indo com uma equipe muito forte, tem tudo para brigar pelo título. Os atletas estão de olho no Pan-Americano de San José, na Costa Rica, e isso só forçará a equipe a ser melhor", comentou Alexandre Moratto, o treinador-chefe da equipe, referindo-se ao Pan Sub-20, marcado para o período de 19 a 21 de julho.

Genivaldo José Caixeta será o chefe da delegação, com Thiago Giro como delegado. O médico será André Luís Andrade, Ricardo Zacharias de Souza, o fisioterapeuta, e Thiago de Jesus Sales, o massoterapeuta.

A comissão técnica será formada por Alexandre Moratto (treinador-chefe e do Centro Olímpico), e os treinadores Darci Ferreira da Silva (SESI-SP), Inaldo Justino de Sena (FCTE-SP), Marcos Flademir Vieira (Sorriso-MT), Sivirino Souza Santos (Barra do Garças-MT), Marsele Mazzoleni (EMFCA-RJ) e Alberto Euclides Sousa Sobrinho (Associação de Atletismo-PI).

Na última edição do torneio, realizada em 2017, em Georgetown, na Guiana, o Brasil comemorou os títulos de campeão no masculino e no feminino e, por consequência, na classificação geral. A equipe levou o Troféu de campeão geral, com 287 pontos, seguido da Guiana, com 198, e da Colômbia, com 165.

No masculino, os brasileiros somaram 181 pontos, seguidos dos representantes da Guiana, com 103, e da Colômbia, com 82 pontos. Já as meninas totalizaram 106 pontos. Guiana também foi vice-campeã, com 95, e a Colômbia terminou em terceiro, com 83 pontos.

No quadro geral de medalhas, o Brasil conquistou 32, sendo 18 de ouro, 11 de prata e três de bronze. O Equador ganhou seis ouros, duas pratas e um bronze, enquanto a Colômbia garantiu cinco ouros, sete pratas e seis bronzes.

Os atletas que viajam:

Masculino

Erik Felipe Cardoso (SESI-SP) - 100 m - 200 m - 4x100 m
Lucas Rodrigues (Mangueira do Futuro-RJ) - 100 m - 4x100 m
Thiago Henrique Santos (Veteranos-BA) - 4x100 m
Lucas Conceição Vilar (SESI-SP) - 200 m - 4x100 m
Alison Brendom dos Santos (Pinheiros-SP) - 400 m
Douglas Hernandes Mendes (Balneário Camboriú-SC) - 400 m - 4x400 m
Bruno Benedito da Silva (Orcampi Unimed-SP) - 4x400 m
Fábio Henrique Lima (FCTE-SP) - 400 m c/barreiras e 4x400 m
Lucas Pinho Leite (Barra do Garças-MT) - 800 m - 1.500 m
Agnaldo Barbosa Gonzaga (SESI-SP) - 800 m - 1.500 m
Evandro da Luz Bandeira (Barra do Garças-MT) - 10.000m
Vinícius Fernando Catai (IEMA-São Bernardo-SP) - 110m c/barreiras
Adrian Henrique Vieira (SESI-SP) - 110 m c/barreiras e distância
Caio de Almeida Teixeira (Centro Olímpico-SP) - 400 m c/barreiras - 4x400 m
Leonardo Ferreira do Nascimento (ABDA-SP) - 3.000 m c/obstáculos
Elton Junio Petronilho (Pinheiros-SP) - altura
Flavio Barbosa de Farias (UCA-SC) - triplo
Luís Fabio Rodrigues (CT Piauí-PI) - peso - dardo
Alan Christian de Falchi (IEMA-São Bernardo-SP) - disco
Luiz Mauricio Dias (UFJF-MG) - disco - dardo
Jonathan da Silva (FAE Osasco-SP) - decatlo
Henrique Pereira Silva (APA Petrolina-PE) - decatlo

Feminino
Lorraine Martins (CT-DEO-RJ) - 100 m - 200 m - 4x100 m
Leticia Lima (UNIFOR-CE) - 100 m - 200 m - 4x100 m
Vida Aurora Caetano (Tornado-DF) - 4x100 m
Barbara Rodrigues da Cunha (APCEF-MG) - 4x100 m
Maria Victória de Sena (FCTE-SP) - 400 m - 4x400 m
Giovana Rosália dos Santos (FCTE-SP) - 400 m - 4x400 m
Isabelle Cristina de Almeida (Sorriso-MT) - 800 m - 1.500 m
Micaela Rosa de Mello (UCA-SC) - 100 m c/barreiras
Juliana Estevão Oliveira (Centro Olímpico-SP) - 100 c/barreiras - heptatlo
Jeovana Fernanda dos Santos (ABDA-SP) - 3.000 m c/obstáculos
Chayenne Pereira da Silva (EMFCA-RJ) - 400 m c/barreiras - 4x400 m
Jéssica Vitória Moreira (Águias Guariba-SP) - 400 m c/barreiras - 4x400 m
Arielly Kailayne Rodrigues (Rondonópolis-MT) - altura
Sophia Laura Salvi (Centro Olímpico-SP) - vara
Andriele Raiana Zander (ASA São Ludgero-SC) - distância
Lissandra Campos (Instituto Vicente Lenilson-MT) - distância
Nerisnelia dos Santos Sousa (Sorriso-MT) - triplo
Maria Vitória de Queiroz (Vasco-RJ) - triplo
Gleice Stefanie de Castro (SESI-SP) - peso
Rafaela Cristina da Silva (SESI-SP) - peso
Julia Alves Carvalho (APCEF-MG) - disco
Rafaela Cristine Sousa (Poços de Caldas-MG) - disco
Deisiane Teixeira (FCTE-SP) - dardo
Bruna Vieira de Jesus (ADAC-MS) - dardo
Paloma Dias Cardoso (Espéria-SP) - heptatlo

O Brasil participa do Sul-Americano com recursos do Programa de Apoio às Seleções Brasileiras da Caixa, a patrocinadora oficial do atletismo brasileiro.