Medalha de prata

Geisa Arcanjo herda a medalha de prata nos Jogos Sul-Americanos

Geisa Arcanjo (Wagner Carmo/CBAt)

A mudança na classificação foi causada por causa do teste antidoping positivo da chilena Natália Ducó, que havia ganhado a medalha de ouro e foi desqualificada da competição de Cochabamba, na Bolívia

Bragança Paulista - O Comitê Olímpico do Brasil (COB) recebeu um comunicado oficial do presidente da ODESUR, Camilo Pérez López Moreira, informando sobre uma alteração no resultado final da prova do arremesso do peso nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, na Bolívia, realizados entre 26 de maio e 8 de junho de 2018.

Após testar positivo em exame antidoping, a chilena Natália Ducó foi desclassificada e teve sua medalha de ouro retirada na prova do arremesso do peso. Em virtude disso, a brasileira Geisa Arcanjo, inicialmente terceira colocada, herdará a medalha de prata.

Além disso, essa mudança impacta no quadro geral de medalhas da competição. A partir de agora, o Brasil registra 90 ouros, 59 pratas e 55 bronzes, totalizando 204 medalhas.

Confira o resultado atualizado da prova:

Ouro: Ahymara del Carmen Espinoza Echenique (Venezuela)
Prata: Geisa Arcanjo (Brasil)
Bronze: Anyela Marcela Rivas Moreno (Colômbia)

A Caixa é a patrocinadora oficial do atletismo brasileiro.