Na Itália

Atletismo do Brasil ganha mais duas medalhas na Universíade de Nápoles

Mateus de Sá (Carol Coelho/CBAt)

Mateus Sá levou a prata e Alexsandro Melo ficou com o bronze na prova do salto triplo da competição

Bragança Paulista - O atletismo do Brasil ganhou mais duas medalhas nesta quarta-feira (10/7) na Universíade de Nápoles, o Campeonato Mundial Universitário, na Itália. Mateus Daniel de Sá e Alexsandro Melo conseguiram a mesma marca na final do salto triplo, com 16,57 m, mas no desempate Mateus ficou com a prata. O ouro foi para Nazim Babayev, do Azerbaijão, com 16,89 m. A organização não informação da velocidade do vento.

Na qualificação do salto triplo, disputada na segunda-feira (8/7), também no Estádio San Paolo, Alexsandro, conhecido como Bolt, ficou em primeiro lugar no Grupo A, com 16,45 m. Já Mateus, medalha de bronze no Mundial Sub-20 de Eugene 2014, nos Estados Unidos, terminou em quinto, com 15,83 m.

Nesta quarta-feira, Paulo André Camilo de Oliveira e Rodrigo Nascimento disputaram as eliminatórias dos 200 m e passaram para as semifinais desta quinta (11/7). Paulo terminou a fase em 10º lugar, com 21.17 (-1.3), e Rodrigo em 12º, com 21.21 (-0.6).

Na terça-feira (9/7), o Brasil havia conquistado as primeiras medalhas da modalidade nos 100 m. Paulo André foi o vencedor, com 10.09 (-0.1), enquanto Rodrigo terminou em terceiro lugar, com 10.32.

Nos 400 m com barreiras, Alison dos Santos disputará a final. Ele ficou em segundo na série 2 das semifinais, com 49.72, perdendo apenas para o sul-africano Sokwakhana Zanini, com 49.46.

Ainda nesta quinta-feira Juliana De Menis Campos estará na final do salto com vara, enquanto Gabriel Constantino e Paulo Henrique da Silva estreiam nos 110 m com barreiras.

A Caixa é a patrocinadora do atletismo brasileiro.