22fevereiro

Tainara Mees e Renan Gallina brilham no Brasileiro Loterias Caixa Sub-20 de Atletismo

Os velocistas conseguiram três vezes os índices exigidos para o Mundial de Cáli na disputa dos 100 m na abertura da competição nesta sexta-feira no estádio do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo

Assessoria de Comunicação



São Paulo – A catarinense Tainara Mees (Itapiranga-SC) e o paranaense Renan Correa Gallina (AA Maringá-PR) são os atletas mais rápidos do Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Atletismo Sub-20 ao vencerem as provas dos 100 m, disputadas na tarde desta sexta-feira (22/4), no Estádio do Centro Olímpico de Treinamento em Pesquisa, na Vila Clementino, em São Paulo. Os dois garantiram também vaga na seleção brasileira para o Campeonato Pan-Americano e índices para o Mundial de Cáli da categoria.



Tainara e Renan fizeram uma competição perfeita. Correram três vezes – eliminatória, semifinal e final – com tempos abaixo das marcas mínimas exigidas pela World Athletics para o Mundial. “Estou muito feliz, com a sequência da prova, principalmente que comecei o ano com uma lesão no calcanhar direito. Sabia que podia conseguir o índice e por isso estou muito satisfeita”, disse Tainara, de 17 anos, que ganhou a medalha de ouro, com 11.79 (0.5), depois de correr 11.80 na eliminatória e 11.84 na semifinal (o índice é de 11.90).



Por causa da lesão, não sabe se disputará os 200 m. Ela abriu mão também do heptatlo, especialidade em que é campeã brasileira sub-18 de 2021. “Fiz um teste em Cascavel, antes do Brasileiro, e me senti confiante”, completou a atleta treinada por Cleison Ariel Back.



Natália Campregher (APA/SECEL Jaraguá do Sul-SC), de 17 anos, ficou em segundo lugar, com 11.99, seguida de Rayssa Romão Rodrigues (APA-SP), de 19 anos, com 12.13.



Já Renan Gallina, de 18 anos, conquistou a medalha de ouro, com o tempo de 10.52 (0.1). Depois de correr a eliminatória em 10.60 e a semifinal em 10.50, entrou confiante na briga por medalhas. “Foram três tiros bons e muito gratificantes. Só tenho de agradecer a minha família, treinadores e amigos pelo apoio e torcida que tenho”, comentou ao festejar o índice e a vaga no Pan-Americano. “São duas competições muito importantes”, lembrou Renan, que é treinado por Sandra Regina Crul. “Agora vou para os 200 m e não vou disputar o salto em altura por causa da pandemia. Eu preferi me concentrar na velocidade”, concluiu o atleta, que representou o Brasil no Mundial Sub-20 de Nairóbi-2021.



Lucas Gabriel Fernandes Antunes (UCA-SC) ficou com a medalha de prata, com 10.63, seguido de Thamer Moreira Alves Villar (CAES-ES), que ficou em terceiro, com 10.64.



Nos 400 m com barreiras, as três primeiras colocadas na final superaram a marca mínima de 1:01.00 da WA. Amanda Miranda da Silva (Geração Cianorte-PR), de apenas 16 anos, ficou com o ouro, com 1:00.55. Camille Cristina de Oliveira (Barra Bonita-SP) levou a prata, com 1:00.59, seguida de Letícia Quingostas de Oliveira (A.D. Centro Olímpico), com 1:00.91.



“Embora nova, estava muito confiante em vencer e em conseguir o índice”, disse Amanda, que representará o Brasil nos Jogos Sul-Americanos da Juventude Sub-18, em maio, em Rosário, Argentina. “Estou bem treinada e fiquei muito feliz com a vitória. Esperava um tempo melhor, mas não posso reclamar”, prosseguiu a paranaense, orientada por Tamires Aparecida dos Santos, também de Cianorte. “A Amanda faz atletismo há 4 anos e tem muito potencial”, comentou Tamires.



Após cinco provas, Mayron Lucas dos Santos Gomes (APCEF/MG) lidera o decatlo, com 3.727 pontos. José Darlan Souza de Lima (Sport Club do Recife-PE), com 3.655, e Luiz Arthur Caetano da Silva Santos (APCEF/MG), com 3.520 pontos, ficaram em segundo e terceiro lugares.



Raphael de Oliveira, integrante do Programa Ídolos Loteria Caixa da Confederação Brasileira de Atletismo, participou ativamente das premiações desta sexta. Ele é ganhador da medalha de bronze no revezamento 4x100 m do Mundial de Sevilha-1999, ao lado de Claudinei Quirino, Edson Luciano Ribeiro e André Domingos da Silva.



O Campeonato Brasileiro Loterias Caixa Sub-20, que prossegue até domingo (24/4), reúne cerca de 700 atletas de 125 clubes de 23 Estados e o Distrito Federal.



Serviço - A competição reúne os melhores atletas do País da categoria até 19 anos, tem entrada gratuita para o público nas instalações da Prefeitura Municipal de São Paulo e transmissão ao vivo pelo YouTube da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) - VEJA AQUI



O Centro Olímpico tem acesso pela Rua Pedro de Toledo, 1.651. A CBAt sugere a doação de 1 kg de alimento não perecível que será destinada a uma instituição filantrópica.



Além da ajuda aos necessitados, a CBAt investe no meio ambiente, tomando todos os cuidados no evento para a coleta seletiva e reciclagem de todo o lixo produzido nos três dias de evento. Outra ação importante é educacional, voltada para o Jogo Limpo, com informações e orientações ao combate à dopagem no esporte.



Mais informações como resultados completos, participantes e programa-horário CLIQUE AQUI



A NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro para a saúde integral dos atletas e apoio às competições.



As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.