26fevereiro

No Brasileiro Sub-20: 22 atletas fazem ou melhoram índices para o Mundial

A jovem geração do atletismo brasileiro conquista marcas mínimas exigidas pela World Athletics para compor seleção brasileira, confirmando o bom resultado do trabalho de treinadores, clubes e campings de desenvolvimento focados na faixa etária

Assessoria de Comunicação



São Paulo - Vanessa Sena dos Santos (AD Centro Olímpico) e José Eduardo Mendes da Silva (Luasa-SP) foram os melhores atletas do Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Atletismo Sub-20, após três dias de disputas, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo (22 a 24/04). Os dois fizeram resultados expressivos em suas provas e índices para o Mundial Sub-20 de Cáli, Colômbia. Mas o que chamou a atenção foi o número expressivo de índices obtidos na competição: 22 atletas, 10 no feminino e 12 no masculino, fizeram ou melhoraram as marcas mínimas exigidas pela World Athletics para a competição que será em agosto.



No feminino, 10 atletas fizeram ou melhoraram 11 índices para o Mundial. O destaque foi Vanessa Sena dos Santos, de 16 anos, que alcançou as marcas no salto em distância (6,35 m, 0.3) e nos 200 m (24.03, 0.8) e foi eleita a melhor atleta da competição. No salto em distância sua marca também é recorde brasileiro sub-18, melhor marca do mundo na categoria e terceira melhor marca do Ranking da WA Sub-20.



Os demais índices saíram com Tainara Mees (AATI-SC), nos 100 m (11.79, 0.5); Amanda Miranda da Silva (Geração Atletismo Cianorte-PR), com 1:00.55, e Camile Cristina de Oliveira (Barra Bonita-SP), com 1:00.59, nos 400 m com barreiras; Stefany Beatriz Navarro da Silva (AAP-PR), no lançamento do dardo (51,61 m); e com mais cinco atletas nos 100 m com barreiras: Lays Rodrigues Silva (Corville), 13.69 (0.5), Giovana Conradi (AD Centro Olímpico), 13.75 (-0.3), Larissa Brito Cândido (SESI-SP), 14.03 (1.0), Daniele Campigotto (CAC-SP), 14.08 (1.0), e Ionane da Costa Azevedo (ASA-Sorriso), 14.18 (0.5).



No masculino, 12 atletas fizeram índices ou melhoraram suas marcas. O velocista Renan Gallina (AA Maringá-PR) correu abaixo da marca de qualificação tanto nos 100 m (10.50, 0.2) quanto nos 200 m (21.20, 1.3) - na semifinal, mas sentiu dor e ficou fora da final da prova. Matheus Lima da Silva (CRB-AL), com 21.28 (1.3), fez índices nos 200 m e nos 400 m com barreiras (51.25) e Izaias Alves Sales, o campeão da prova, com 21.31 (1.3), nos 200 m.



Mais dois índices saíram nos 400 m, com Vinícius Galeno (CASO-DF), com 46.68, e João Henrrique Ribeiro Barros (ASPMP-SP), com 47.08. 



Seis índices saíram nos 110 m com barreiras, a superprova do Brasileiro Sub-20, com destaque para José Eduardo Mendes da Silva, com 13.54 (0.6), marca que também é o novo recorde brasileiro da categoria. Todos na final, com vento 0.6 m/s, os demais índices foram obtidos por Lucas de Souza Maia (AAP-PR), 13.69, Thiago Ornelas dos Santos (Luasa-SP), 13.72, Paulo Henrique da Silva (IPEC-PR), 13.82, Lucca Campbell Simões (ASA-SP), 13.99, e Gustavo Cadan (Geração Cianorte-PR), 14.10.



Dois atletas por prova e por gênero poderão compor a seleção brasileira no Campeonato Mundial Sub-20, de 1 a 6 de agosto. A preparação vem incluindo a realização de campings específicos para grupos de provas em Bragança Paulista, o último deles de velocidade e barreiras  foi realizado em março.



O Campeonato Brasileiro Loterias Caixa Sub-20 de Atletismo reuniu, em três dias de competições, 700 atletas de 125 clubes de 23 Estados e do Distrito Federal.



Confira todos os atletas com índices para o Mundial



https://www.cbat.org.br/repositorio/selecoes/atletas_indices/cmsub20atletascomindice.pdf



A NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro para a saúde integral dos atletas e apoio às competições.



As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.