SUB-20

Gabriela Muniz é atração no Prevent Senior Sports

Assessoria de Comunicação

11 de julho

Bragança Paulista – A brasiliense Gabriela de Souza Muniz (CASO-DF) acabou de voltar ao Brasil depois de conquistar a medalha de ouro nos 10 km na categoria sub-20 da Copa Pan-Americana de Marcha Atlética, em Guayaquil, no Equador. O resultado não é pouca coisa. É, aliás, espetacular. Gabriela é uma das atrações do Campeonato Brasileiro Prevent Senior Sports de Atletismo Sub-20, que será disputado de 21 a 23 de maio, no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), na cidade de Bragança Paulista.

No programa-horário, ainda sujeito a alteração por causa do final das inscrições, os 10.000 m marcha atlética serão disputados a partir das 16 horas do dia 21 de maio, no primeiro dia de competição.

“Vou participar do Brasileiro Sub-20 e estou feliz. Em Guayaquil, tive uma prova muito dura, com alta temperatura, muita umidade, com competidoras muito fortes, lutei muito, pois a prova só foi decidida nos últimos 500 m. Estou muito feliz mesmo com o resultado”, comentou a atleta, de apenas 18 anos, que treina em Sobradinho (DF).

Gabriela bateu o recorde brasileiro sub-20 dos 10 km, com 47:49, melhorando em quase um minuto o seu recorde anterior, de 48:41, obtido na Copa Brasil de Marcha, no dia 14 de março, em Bragança Paulista (SP). Ela ratificou o índice (50:30) para disputar o Campeonato Mundial Sub-20, marcado para agosto, em Nairóbi, no Quênia, e o Campeonato Pan-Americano Sub-20 de Santiago, em outubro, no Chile.

Precoce e muito centrada, a atleta já soma recordes na carreira. Um exemplo disso é que recordista brasileira adulta dos 20.000 m, com 1:35:02.56, tempo obtido no Torneio Cidade de Bragança Paulista no dia 25 de abril, no CNDA, além de acumular o recorde do sub-23.

Nascida no dia 12 de junho de 2002, em Brasília (DF), ela treina ao lado de Caio Bonfim, medalha de bronze nos 20 km no Mundial de Londres-2017, com orientação de João Sena e Gianetti Bonfim, pais de Caio, em Sobradinho (DF)

“Gabi é uma atleta extraordinária. Digo que é um ‘coração divino’, muito centrada, inteligente, obedece direitinho a estratégia e ritmo de prova, e se conhece bem. É show de bola. É ótimo de vê-la competindo”, comentou Gianetti, que foi a treinadora-chefe da seleção brasileira em Guayaquil.

Gia, sete vezes campeã brasileira quando marchadora, é só elogios. “Pensei que havia vivido tudo dentro do atletismo, com o Caio, com o seu sucesso e seus resultados. Deus, que nos dá muito mais do que pedimos ou pensamos, me presentou com a Gabi também. Ela é espetacular e tem uma linda jornada e um longo caminho de sucesso ainda. Afinal de contas tem apenas 18 aninhos”, concluiu.

O Campeonato Brasileiro Prevent Senior Sports, sem a presença de público, reunirá representantes de 123 clubes, de 22 Estados e do Distrito Federal, e terá suas normas da competição adaptadas para o atendimento aos protocolos de enfrentamento da pandemia da Covid-19. O Congresso Técnico, por exemplo, será virtual, a ser realizado no dia 20, às 15 horas.

O Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2020 também foi disputado no CNDA e vencido pela Orcampi (SP) na classificação geral, com 230 pontos. O Centro Olímpico (SP) ficou na segunda colocação, com 131, seguido do SESI-SP (117), IPEC (97) e ASEMPAR-Paranavaí (96). Os destaques individuais foram o mineiro Eduardo Ribeiro Moreira (Pinheiros), campeão dos 800 m e 1.500 m, e a brasiliense Vida Aurora Evaristo Caetano (Tornado-DF), ouro nos 100 m e 200 m.

A competição será aberta às 8:20 do dia 21, com os 100 m do decatlo, e termina às 15:50 do dia 23, com a final dos 3.000 m com obstáculos masculino. O programa-horário pode ser alterado em função do número de atletas inscritos.

A Prevent Senior Sports é patrocinadora do atletismo brasileiro para a entidade gestora do esporte e os atletas brasileiros, visando a saúde integral dos indivíduos e apoio às competições.

Realização

Apoio

Patrocínio

Apoio Institucional