NA AUSTRÁLIA

Mundial de Cross Country é adiado para 2023

A equipe que participou do Mundial de de Aartus (DIN), em 2019

A data da competição, que seria disputada em fevereiro de 2022, foi alterada, segundo a World Athletics e o Comitê Organizador, por questão de biossegurança e pelo fato de a Austrália estar com suas fronteiras fechadas. A sede continua em Bathurst

Bragança Paulista – A World Athletics, a Federação Internacional de Atletismo, e o Comitê Organizador (LOC) do Campeonato Mundial de Cross Country, que estava marcado para o dia 19 de fevereiro de 2022, em Bathurst, Austrália, anunciaram nesta quarta-feira (15/9) o adiamento da competição para o dia 18 de fevereiro de 2023, na mesma cidade.



A mudança de data, segundo nota publicada pela World Athletics, foi feita pelas medidas de biossegurança e às restrições de viagens atualmente em vigor para evitar a disseminação da COVID-19 na Austrália. As fronteiras australianas estão fechadas para visitantes estrangeiros.



“A Federação Australiana e o Comitê Organizador mostram satisfação pelo fato de a World Athletics e seus parceiros terem concordado com o adiamento, o que nos permite planejar e entregar uma celebração de cross country de alto nível em 2023”, disse Jill Davies, co-presidente do LOC e membro do Conselho de Atletismo da Austrália.



O Campeonato Mundial de Atletismo de Cross Country é considerado a corrida mais difícil do calendário internacional, reunindo os melhores corredores de longa distância do mundo em terrenos desafiadores. O evento de 2023 será a 44ª edição do Campeonato e deverá receber mais de 550 atletas de elite de mais de 60 países no Mount Panorama.



A NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro para a saúde integral dos atletas e apoio às competições.



As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.